25/09 Dia Internacional do Farmacêutico

25/09 Dia Internacional do Farmacêutico

A profissão de farmacêutico pode ser dividida em duas grandes áreas: a parte de análise clínica, para atuar em laboratórios de análise, exames bioquímicos, hematologia e microbiologia; o outro grande grupo fica responsável pela parte de medicamentos, por meio da produção, fabricação, manipulação, e no acompanhamento nas drogarias. A parte de medicamentos (fármacos) é a parte central do currículo de um farmacêutico, que é definido como âmbito privativo e exclusivo do profissional de farmácia – médicos, químicos e biomédicos não podem atuar nessa categoria. Existem também as chamadas áreas não-privativas de atuação do farmacêutico, onde profissionais de outras áreas também atuam, como a indústria de alimentos e produtos cosméticos.

Se o assunto é a manipulação e sintetização de substâncias, depende do profissional farmacêutico evitar que um medicamento vire um veneno letal, mas, para adquirir cada vez mais habilidades, é preciso que tenha um pensamento focado no conhecimento dos fármacos, inclusive da legislação sanitária, para que possam exercer plenamente a profissão, sem penalidades de órgãos regulamentadores ou prejuízos à população.

Fechar Menu